15 de fevereiro de 2013

Um pouco da história e artistas do quilling

O quilling ou filigrana em papel é uma arte que como muitas outras, teve seus momentos de altos e baixos. Usamos tirinhas de papel para fazer os  rolinhos que são formatados em vários modelos.  A união de todos esses rolinhos vão formar o que sua imaginação mandar, desde cartões, miniaturas, quadros  até peças publicitárias e detalhes feitos em móveis. 

Pelas minhas pesquisas,  o quilling  surgiu no séc. XV,  dentro dos conventos de religiosas francesas e italianas. Trabalhos de excelente qualidade feitos por por essas religiosas nos séculos 16 e 17 são preservados hoje na França e fazem parte da coleção de objetos de fé, preservados pela Associação francesa " Trésors de Ferveur ".





















Este  é um dos trabalhos preservados pela associação francesa Tresors du Ferveur e foi feita no carmelo no século XVIII.   Veja mais aqui.

A Associação mantem expostos trabalhos dos séculos XVI a XIX e tem anualmente uma exposição itinerante levando esse trabalho a várias cidades francesas. 

A ligação religiosa com o quilling foi mantida quando a arte foi difundida na Inglaterra. Com a descobertas de relíquias em escavações da época, as religiosas produziam relicários que tinham como foco principal  gravuras e relíquias usadas na obra.  

Era um  trabalho feito como lazer e o quilling era usado em objetos decorativos como painéis e brasões. Mais tarde era feito em latas de chá, caixas de madeira, biombos, armários, molduras, etc. Belíssimas caixas foram feitas nessa época apenas para receber os trabalhos em quilling.  

Era uma técnica bastante divulgada e um quesito a mais para internatos femininos que anunciavam: "o trabalho em quilling proporciona uma agradável diversão,  estimulando a criatividade da mente feminina e, ao mesmo tempo o lazer de uma hora em inocente recreação" (The New Lady's Magazine  1786)

Em 1875 foi feita uma tentativa de revitalizar o quilling por Wm. Bemrose. Um kit chamado 'Mosaicon' foi produzido juntamente com um manual. 
Outra referência foi descoberta em um livro intitulado "Floral Mosaicon". No artigo são mencionadas peças de quilling adquiridas pelas Rainhas Mary e Alexandra.

Muitos museus na Inglaterra e Estados Unidos mantem em exposição vários trabalhos de feitos nos séculos passados e alguns deles tem no seu calendário cursos de quilling para estudantes que visitam o Museu.  Veja aqui. 

Um  fato bem interessante foi a informação que recebemos de uma quiller. Ao visitar a Capela Sistina, no Vaticano, ela percebeu que alguns painéis na capela eram totalmente feitos com quilling.  Conversando com o segurança no local ele confirmou e acrescentou que as pessoas passavam por alí e não observavam a sua beleza.

Várias artistas usam o quilling em seus trabalhos e expõem em galerias de arte nos Estados Unidos, Inglaterra, Coreia e Russia. 


Esta arte está sendo muito difundida no mercado publicitário e uma das artistas mais completas nesse trabalho é a Yulia Brodskaya, uma artista russa residente em Londres.

Trabalho criado por Yulia Brodscaya.  Veja mais aqui!



Os trabalhos abaixo foram criados por Claire Choi a quem sou muito agradecida.  Aprendi muito com ela através do seu livro "The art of paper quilling".






















Seu blog é coreano, mas as fotos falam por si.  Se quiser visitar seu blog,  no blogger,  onde você pode usar o google translator, veja aqui.  Não é tão completo como o original, mas você vai encontrar alguns passo a passo e trabalhos fantásticos.

Amanhã eu volto com mais artistas e mais dicas de quilling para você.  Bjs e uma ótima sexta feira.
_______________________________________________________________________

9 comentários:

  1. Nossa...são verdadeiras obras de arte né...amei...bjsss

    ResponderExcluir
  2. Nossa, que interessante! Verdadeiras obras de arte.
    Obrigada por dividir.
    Bjs e um excelente fim de semana

    ResponderExcluir
  3. Engraçado que eu e a Anna postamos comentarios similares :)

    ResponderExcluir
  4. gorgeous quilling, love those butterflies, sorry couldnt read the words as my computer is not working and using hubbies, which dont have translater.Paula

    ResponderExcluir
  5. Adorei a aula, porque foi sim uma aula maravilhosa. Não sabia que o quilling era tão antigo. Vou esperar mais informações para aprender. BjUs.

    ResponderExcluir
  6. Oh my God!!!Re estas imagens estão demaissss, sensacional mesmo, muito bem escolhido,é uma arte de paciencia e muita originalidade!Ameii!Bjs

    ResponderExcluir
  7. Minha Nossa Senhora dos impossíveis!!!!
    Que trabalho espetacular!!!!
    Regina, já estou com as mãos coçando para começar, rs rs rs.
    O bichinho do quilling me pegou.
    Xero.

    ResponderExcluir
  8. Amiga,
    Estarei indo a Paris dia 28 e já estou agendando uma visita ao Trésors de Ferveur. Estou torcendo para dar certo.
    Você caprichou na escolha... são trabalhos maravilhosos...
    Bjs.

    ResponderExcluir
  9. Muy interesante la información.

    ResponderExcluir

Muito obrigada pelos seus comentários. Espero tornar ver você novamente, breve!! Um grande abraço e um ótimo dia para você!

Thank you so very much for your comments. I hope to see you again soon!! Big hug and have a great day!!